Top 5: Filmes do Oscar 2017

Olá pessoal! Quem me conhece um pouquinho, sabe que eu sou viciada em filmes e séries e que todos os anos assisto a todos os filmes indicados nas principais categorias do Oscar. 

Geralmente eu faço posts aqui no blog, dizendo quais são as minhas apostas para quem leva o premio e comento um pouco sobre cada filmes, mas esse ano acabei não fazendo isso, pois estava com pouco tempo para escrever aqui no blog por conta do TCC e um trabalho de engenharia que estava fazendo.

Sendo assim, resolvi contar para vocês quais foram os 5 filmes indicados entre as categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante que eu mais gostei e acho que vale a pena assistir! Confiram!

1 – Estrelas Além do Tempo / Hidden Figures

Sinopse: 1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe), grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

Classificação:  Livre.

Elenco: Taraji P. Henson, Octavia Spencer, Janelle Monáe mais

Gêneros: Drama, Biografia.

Indicações: 3 (Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado).

Comentário: Adorei esse filme. É gostoso de assistir, a gente fica torcendo para as personagens serem bem sucedidas ao mesmo tempo com raiva da questão da segregação racial, que no filme é tratada de forma bem sutil.

2 – Lion: Uma Jornada para Casa / Lion

Sinopse: Quando tinha apenas cinco anos, o indiano Saroo (Dev Patel) se perdeu do irmão numa estação de trem de Calcutá e enfrentou grandes desafios para sobreviver sozinho até de ser adotado por uma família australiana. Incapaz de superar o que aconteceu, aos 25 anos ele decide buscar uma forma de reencontrar sua família biológica.

Classificação: 12 anos.

Elenco: Dev Patel, Rooney Mara, Nicole Kidman mais

Gêneros: Biografia, Drama, Aventura.

Indicações: 5 (Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora).

Comentário: Filme emocionante que prende do início ao fim. A história, que já é muito interessante, fica ainda mais incrível por ter acontecido de verdade. Acho que o menininho do início do filme merecia pelo menos ter sido indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante.

3 – Manchester à Beira Mar / Manchester By the Sea

Sinopse: Lee Chandler (Casey Affleck) é forçado a retornar para sua cidade natal com o objetivo de tomar conta de seu sobrinho adolescente após o pai (Kyle Chandler) do rapaz, seu irmão, falecer precocemente. Este retorno ficará ainda mais complicado quando Lee precisar enfrentar as razões que o fizeram ir embora e deixar sua família para trás, anos antes.
Classificação: 14 anos.

Elenco: Casey Affleck, Michelle Williams, Kyle Chandler mais

Gênero: Drama.

Indicações: 7 (Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Original).

Comentário: Triste, melancólico e realista. Esse é um daqueles que você não consegue nem se imaginar no lugar da pessoa. Achei merecido Casey Affleck ganhar o Oscar de melhor ator e achei que a Michelle Williams merecia ter ganhado o de melhor atriz coadjuvante. Ela tem pouca cenas no filme, mas uma delas mexeu tanto comigo que vai ser uma daquelas que a gente nunca esquece. Para quem realmente gosta de drama, recomendo muito esse filme.

4 – Capitão Fantástico / Captain Fantastic

SinopseBen (Viggo Mortensen) tem seis filhos com quem vive longe da civilização, no meio da floresta, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. Certo dia um triste acontecimento leva a família a deixar o isolamento e o reencontro com parentes distantes traz à tona velhos conflitos.

Classificação: 14 anos.

Elenco: Viggo Mortensen, Frank Langella, George Mackay mais

Gênero: Comédia dramática.

Indicações: 1 (Melhor Ator).

Comentário: Que filme legal, um dos que mais gostei dessa seleção, me lembrou muito minha infância e os filmes que assitia nessa época (mesmo eles não tendo nada a ver com esse). Ele mistura drama, comédia e um pouquinho de aventura de uma forma muito envolvente. Amei eles cantando “Sweet Child O’ Mine” no final. Merecia mais indicações!

5 – Loving

Sinopse: Richard (Joel Edgerton) e Mildred Loving (Ruth Negga), um casal interracial, são presos em junho de 1958 por terem se casado. Jogados na prisão e exilados do estado onde viviam, eles lutam pelo matrimônio e pelo direito de voltar para casa como uma família.

Classificação: a definir.

Elenco: Joel Edgerton, Ruth Negga, Marton Csokas mais

Gêneros: Drama, Romance.

Indicações: 1 (Melhor Atriz).

Comentário: Esse filme é daqueles que a gente assiste e fica indignado. Como pode ser proibido se casar com alguém que tenha a cor da pele diferente da sua? Como pode isso ser crime? É de deixar a gente doido de saber que coisas assim aconteciam, embora atualmente coisas tão piores quanto ainda aconteçam. Recomendo muito, principalmente pela questão histórica, muita gente hoje em dia não tem noção de que coisas assim aconteciam e eram apoiadas pelo governo.

Sobre La La Land

Eu amo musicais, e talvez seja por isso que “La La Land“, não entrou na minha lista melhores filmes do Oscar 2017. Só para deixar claro, não é que eu não tenha gostado desse filme, mas acho que acabei criando muitas expectativas em relação a ele, afinal, musicais geralmente não são tão aclamados pela crítica e nos últimos meses não houve filme mais comentado que “La La Land”, sem contar as 14 indicações ao Oscar, incluindo melhor filme, melhor ator e melhor atriz.

Um outro motivo para a minha frustração é que um dos meus filmes favoritos da vida é “Moulin Rouge“, também um musical, o que elevou ainda mais minhas expectativas e me fez pensar que esse pudesse ser mais um para minha lista de filmes mais amados.

Contribuindo para as minhas altas expectativas, os atores principais de “La La Land” são Ryan Gosling (que também atuou em o “Diário De Uma Paixão“, outro filme que é um dos meus favoritos da vida) e Emma Stone, atriz que eu adoro. Achei que o casal teria uma super química e faria com que eu me apaixonasse por eles, mas isso não aconteceu, no final não achei que eles deram muito certo juntos. Enfim, não sei explicar muito bem o porque de não ter me apaixonado por “La La Land”.

E aí, vocês já assistiram algum desses filmes? Gostaram? Comentem!

por Melina

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta